Imprimir

Medium

Fundo
Fernando Pessoa
Cota
BNP/E3, 14-4 – 77-78
Imagem
[Sobre os pré-rafaelitas]
PDF
Autor
Fernando Pessoa

Identificação

Titulo
[Sobre os pré-rafaelitas]
Titulos atríbuidos
Edição / Descrição geral

[BNP/E3, 144 – 77-78]

 

A degenerescência nos pré-Rafaelitas do sentido artístico toma a forma peculiar de deixar as formas tomar no seu espírito o lugar da ideia. Escrevem uns versos, cuja música suave se insinua ao ruído; a leitura desses versos dá a ideia de tristeza porque o ritmo é triste. Procura-se a ideia e não se acha; são palavras, bocados de ideias, incoerências várias ligadas e desligadas, mas como o ritmo em que são lançadas insinua uma tristeza – aos espíritos doentes dos pré-Rafaelitas facilmente se afigura que acabam de escrever ou de ler um poema triste, uns versos patéticos, quando o que acaba de lhes acontecer é ouvir uma música (obtida por palavras em lugar de notas) cujo ritmo insinua uma tristeza sem ideias, uma melancolia {…}. É uma confusão degenerativa entre as funções respectivas da poesia e da música como formas de arte. Deixo aos psicólogos alienistas a explicação do fenómeno. Que é um caso de degenerescência mental é coisa evidente e inegável.

_______

A única forma em que a inspiração pré-Rafaelita {…} é o soneto. A razão é simples. É forçado a condensar-se, a concentrar-se, portanto a não delirar.

 

[78r]

 

Os Pré-Rafaelistas vieram em parte[1] ao que parece, realizar em poética aquela receita para a construção de uma peça que justamente tornou notável um hipotético sargento: “Pegue-se num buraco e deita-se-lhe ferro à roda”. A corrente Pré-rafaelita pegou em nada e deitaram-lhe versos à roda.[2] Não achamos outra maneira de dar expressão à vacuidade ideativa desta associação de inspirados.

_______

“The Germ” {…} mas o movimento que origina no “Germ” pegou e, pegando, mostrou o que valia. O germe era um bacilo.

 

 

[1] em parte /, alguns pelo menos,\

[2] /Alguns membros membro da\ A corrente Pre-raphaelita pegou /pegaram\ em nada e deitaram-lhe /[bordara-lhe] versos à roda /em roda\.

Notas de edição

Classificação

Categoria
Literatura
Subcategoria

Dados Físicos

Descrição Material
Dimensões
Legendas

Dados de produção

Data
Notas à data
Datas relacionadas
Dedicatário
Destinatário
Idioma
Português

Dados de conservação

Local de conservação
Biblioteca Nacional de Portugal
Estado de conservação
Proprietário
Historial

Palavras chave

Locais
Palavras chave
Nomes relacionados

Documentação Associada

Bibliografia
Publicações
Fernando Pessoa, Escritos sobre Génio e Loucura, edição de Jerónimo Pizarro, Lisboa, Imprensa Nacional – Casa da Moeda, 2006, p. 434.
Exposições
Itens relacionados
Bloco de notas