Imprimir

Medium

Fundo
Fernando Pessoa
Cota
BNP/E3, 14-1 – 19
Imagem
[Sobre o classicismo]
PDF
Autor
Fernando Pessoa

Identificação

Titulo
[Sobre o classicismo]
Titulos atríbuidos
Edição / Descrição geral

[BNP/E3, 141 – 19]

 

Tanto a literatura “classicista” é representativa de uma |oligarquia| que é mais literatura literariamente representativa onde essa |oligarquia| é mais notável, brilhante e completa – em França; e que é menos obtusa em aristocracias onde essa |oligarquia| existe menos – em Inglaterra. A Inglaterra é o único país da Europa onde neste ponto algum brilhantismo existe; e é o único país onde ainda há neste ponto algum sentimento poético. James Thomson, que, {…}, Gray. Mesmo onde o não há na criação, há-o na crítica, por obtusa que esta seja; Pope e Johnson apreciam intensa e o que é mais, intimamente Shakespeare. Addison era puro admirador de Milton. É a poesia etereamente subtil e por isso naturalmente, a todos se aprova.

Ainda mais havia quem admirasse Spenser e o “Lycidas”. Porque há Spencer antes de {…}; foi lendo-o que Cowley se achou poeta. 

 

Notas de edição

Classificação

Categoria
Literatura
Subcategoria

Dados Físicos

Descrição Material
Dimensões
Legendas

Dados de produção

Data
Notas à data
Datas relacionadas
Dedicatário
Destinatário
Idioma
Português

Dados de conservação

Local de conservação
Biblioteca Nacional de Portugal
Estado de conservação
Proprietário
Historial

Palavras chave

Locais
Palavras chave
Nomes relacionados

Documentação Associada

Bibliografia
Publicações
Exposições
Itens relacionados
Bloco de notas