Média

Imagem
Sociologia Literária
PDF
Autor
Fernando Pessoa

Identificação

Titulo
Sociologia Literária
Titulos atríbuidos
Notas de edição
Idioma
Português
Edição

[BNP/E3, 103 – 8–9]

 

Sociologia Literária

 

Valor representativo dos artistas, dos filósofos, dos poetas (literatos).

 

Razão porque, no 1º período, a literatura precede a criação social; – porque sendo esse período de criação de elementos espirituais, é pelo mais espiritual que começa.

_______

Porque não isabelianismo after H. VIII? – But compare France. (Wellington; V. Hugo etc after Napoleon) {…}

_______

Outro elemento: cf. Camões in respect to social period (Descobertas) w. V. Hugo sc. Napoleon ­– cf. Rome – Augustan Age.   

 

[8v]

 

Evolução social mórbida atrasa a chegada da literatura (?)

 

Analyze the systhems:

 

Napoleon – Hugo – Maters of the Republics

Caesar – Virgil – emperors.

Discoveries – Camões. ?

 

_______

Nos períodos de média criação a literatura vem depois da criação social, (ainda que acompanhando-a quase). A distância a que vem a literatura depende da intensidade criadora do período. Quando muito intenso, tanto mais posterior a literatura.

_______

Nos períodos de nula criação, a literatura coincide.

_______

O caso anómalo de Napoleão – não, como Cromwell, o futuro, mas passado ainda. Um administrador, como César e Pombal.

 

[9r]

 

Não esquecer o aboutissement: monarquia constitucional em Inglaterra, República conservadora em França – 1688, 1870. É com respeito a estes que a corrente literária tem de se notar.

 

Comparar o aboutissement com a culminância na acção. (1870 com Napoleão e a Revolução Francesa) (1688 com Cromwell).

 

(1) Períodos maximamente[1] criadores das nações triidealistas (cf. Inglaterra, Grécia, Itália)

(2) Períodos maximamente criadores das nações biidealistas (e.g. França)

(3) Períodos das nações monoidealistas.

 

Cf. período-médio das triidealistas e período-máximo das biidealistas. São parecidos.

 

Triidealistas                       

Período máximo      

Período médio        

Período mínimo       

  

Biidealistas

Período máximo      

Período médio        

Período mínimo    

 

Monoidealistas

Período máximo      

Período médio        

Período mínimo    

 

[9v]

 

Período médio da Grécia (age of Pericles) – onde a influência estrangeira? – A própria Grécia, antiga. (cf. nisto o romantismo inglês, baseado, em parte na Alemanha, em parte na tradição, o que é nossa influência)

_______

Remember: Período mínimo da Inglaterra anti-tradicional mas não nacional, nem nosso, ____________

 

 

[1] maximamente /melhormente\ /|*culminantemente|\

Classificação

Categoria
Literatura
Subcategoria
Genologia

Dados Físicos

Legendas

Documentação Associada

Bibliografia
Publicações

Dados de produção

Cota
BNP-E3, 103 – 8–9
Datas relacionadas
Dedicatário
Destinatário
Data

Palavras chave

Locais
Nomes relacionados