logotipo Modernismo

  Arquivo Virtual da Geração de Orpheu

 

 

Mário Lyster Branco

(1902-1984)

Filho do pintor e jornalista Carlos Lyster Franco, Mário Lyster Franco desenvolveu uma página literária no jornal O Heraldo de Faro em que o Futurismo foi a principal inspiração. Com o psedónimo Fontanes, são dele os poemas em que a influência de Mário de Sá-Carneiro é mais visível. O seu dinamismo prolongar-se-á, mas acentuando-se numa direcção conservadora  e regionalista, que o leva a constituir até à sua morte uma completa biblioteca de autores nascidos no Algarve, sendo autor de uma «Algarviana» de que só foi publicado um primeiro volume.

 

 

Nuno Júdice

 

 

 

DICIONÁRIO

 

Verbetes publicados no Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português,

coordenado por Fernando Cabral Martins,

Lisboa, Caminho, 2008.

 

Revistos em 2017.