logotipo Modernismo

  Arquivo Virtual da Geração de Orpheu

 

 

Horace James Faber

Personalidade literária criada por Fernando Pessoa ainda em Durban, na África do Sul, e que o acompanhou nos primeiros tempos em Lisboa. É contemporâneo de outra personalidade literária, Charles Robert Anon (v.), mas, enquanto Anon se confunde com Pessoa e assume a autoria de diários e de textos de reflexão pessoal, Faber mantém-se uma figura menor, sem biografia própria. A sua assinatura acompanha a de Anon em The Case of the Science Master, uma das histórias policiais que projectou realizar, e no topo de um fragmento com o título “Almanach do Diário Ilustrado”. Pessoa divide a sua produção literária entre os dois, atribuindo a Faber as Detective Stories, os ensaios satíricos e humorísticos, a poesia satírica, os ensaios críticos, históricos e clássicos e as edições clássicas. Nesta divisão da produção literária, parecem estar destinados a Faber a poesia “menor” e o humor, ficando Anon com o papel de poeta “sério”. A divisão atinge também a ficção: para Faber ficariam as histórias de detectives, enquanto se destinariam a Anon as histórias de imaginação. Tanto uma como outra personalidade desaparecerão com o tempo, mas os dois subgéneros narrativos continuam amplamente representados na obra de Pessoa. Dos projectos destinados a Horace James Faber  ficaram as Detective Stories. Constam de um projecto, provavelmente de publicação, com este título geral, as seguintes histórias: Case of the Quadratic Equation, Case of the Delmont Robbery, Case of Mr. Arnott, Case oft the Holloway Code, Case of the Stolen Document, Case of the Science Master. O lugar de cada história foi planeado em função de uma sequência, pois o título 1 ficou por determinar, assim como as histórias que ocupariam os números 7, 8, 9, 10 e 11. A história que fecharia o conjunto, com o número 12, seria Case of the Science Master. Existe outro projecto onde o título já é Tales of a Reasoner, onde Case of the Science Master surge em primeiro lugar, seguido de The Stolen Document, Case of the Holloway Code, Case of Mr. Arnott e Case of the Quadratic Equation, ficando a narrativa número 6 por definir. O título deste conjunto foi emendado a lápis para Ex-Sergeant Byng, nome do raciocinador infalível, personagem central destas histórias. Mais tarde, algumas destas detective stories serão retomadas para integrarem o conjunto das novelas policiárias em português, com o título geral de Quaresma, Decifrador (v.). Acontece isso com O Caso da Equação ao 2º Grau, O Caso Arnott e O Caso do Professor de Ciências. Isto implicaria a adaptação das histórias a um novo raciocinador, deixando Byng o lugar a Abílio Quaresma. Apesar das semelhanças entre as duas personagens, existem diferenças de vulto. Das narrativas projectadas para Faber, The Case of the Science Master  é aquela que apresenta um maior desenvolvimento, apesar de se encontrar incompleta. Conta a história do assassinato de um professor de Ciências de um colégio inglês para rapazes, o Haylington College. Byng, o detective, faz uma longa exposição que reflecte os interesses de Pessoa pela Criminologia, pela Psicologia, Filosofia e Frenologia. O método de investigação que Byng aplica a este caso é o psicológico. Divide os homens por várias categorias, onde integra os diferentes suspeitos. Este processo recorda considerações semelhantes que se encontram em O Caso Vargas, uma novela policiária  mais tardia e em português. No conto de Faber, como na novela, os seres humanos são classificados por categorias psicológicas, sendo uma delas o “génio”. Preverseness, isto é a predisposição do ser humano para a perversidade, um conceito desenvolvido por Edgar Allan Poe, surge nesta narrativa. A influência deste autor é também evidente em «The Stolen Document», outra narrativa incompleta atribuída a Faber, que pretende ser uma correcção ao conto de Poe «The Purloined Letter». O narrador é o descendente de um dos implicados no caso da carta roubada. De acordo com um diário, a data em que este conto começou a ser escrito foi 17 de Abril de 1906.

 

 

The Case of the Science Master, apresentação e organização de Gianluca

Miraglia, Revista da Biblioteca Nacional, S.2,3 (3) 1988, p.43-72.

The Stolen Document, apresentação e organização de Ana Maria Freitas,

www.portalpessoa.org.

Teresa Rita Lopes, Pessoa por Conhecer, Roteiro para uma Expedição, I,

Editorial Estampa, Lisboa, 1990.

 

Ana Maria Freitas

 

 

 

 

DICIONÁRIO

 

Verbetes publicados no Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português,

coordenado por Fernando Cabral Martins,

Lisboa, Caminho, 2008.

 

Revistos em 2017.