Imprimir

Medium

Fundo
Fernando Pessoa
Cota
BNP/E3, 14-3 – 30
Imagem
[Sobre literatura portuguesa]
PDF
Autor
Fernando Pessoa

Identificação

Titulo
[Sobre literatura portuguesa]
Titulos atríbuidos
Edição / Descrição geral

[BNP/E3, 143 – 30]

 

{…} português moderno, que não é da paixão feroz, verdadeiramente sexual que Walt Whitman tem pela natureza.

 

_______

A ternura não é a compaixão. É mais humildade.

 

_______

A ausência de ternura vinca imediatamente uma alma como a lusitana. A elaboração espontânea – isso é tão pouco nosso! – que certas criaturas têm muito por exemplo – em António Patrício.

_______

Em Verlaine não haverá ternura? Verlaine e António Nobre

 

[30ar]

 

A ternura pode ser

(1) pelas coisas.

(2) por si-próprio.

(3) {…}

 

A ternura por si-próprio dá um fenómeno imediato – o desdobramento da individualidade. Dois exemplos dessa ternura existem sentidos entre nós – António Nobre e Mário Beirão.

_______

A ternura pelas coisas – António Correia de Oliveira, em Afonso Lopes Vieira (em quem, às vezes, toma formas ridículas)

 

Notas de edição

Classificação

Categoria
Literatura
Subcategoria

Dados Físicos

Descrição Material
Dimensões
Legendas

Dados de produção

Data
Notas à data
Datas relacionadas
Dedicatário
Destinatário
Idioma
Português

Dados de conservação

Local de conservação
Biblioteca Nacional de Portugal
Estado de conservação
Proprietário
Historial

Palavras chave

Locais
Palavras chave
Nomes relacionados

Documentação Associada

Bibliografia
Publicações
Exposições
Itens relacionados
Bloco de notas