Imprimir

Medium

Fundo
Fernando Pessoa
Cota
BNP/E3, 14-2 – 17
Imagem
[Sobre o lirismo]
PDF
Autor
Fernando Pessoa

Identificação

Titulo
[Sobre o lirismo]
Titulos atríbuidos
Edição / Descrição geral

[BNP/E3, 142 – 17]

 

O lirismo é de três espécies: intelectual, emocional e imaginativo. O lirismo imaginativo é como que a combinação dos outros dois géneros.

Lirismo intelectual é o que procede por antíteses, contrastes, modo de dizer epigramático, etc. (V. Hugo); emocional o que exprime directamente o sentimento, sem imaginativar a expressão (Camões, sendo o soneto “Alma minha” o exemplo supremo); e imaginativo o que, vague {…}, pode desprezar uma ideia ou uma emoção (D. Diniz – “eno alto”; Goethe “Über allen Gipfeln”, Shelley) {…}

O 1º género manifesta-se quase sempre em um verso de si harmonioso, conhecido e {…}; o 2º em um verso

 

[17v]

 

de si antes finalmente susceptível de ser harmonioso do que harmonioso inevitavelmente (o soneto, por exemplo); o 3º escolhe o seu próprio verso, geralmente verso em si pouco belo a não ser para um verdadeiro poeta.

­­_______

Lirismo emocional-intelectual: {…}

Lirismo intelectual–imaginativo: {…}

Lirismo emocional-imaginativo: (Dante).

 

Notas de edição

Classificação

Categoria
Literatura
Subcategoria

Dados Físicos

Descrição Material
Dimensões
Legendas

Dados de produção

Data
Notas à data
Datas relacionadas
Dedicatário
Destinatário
Idioma
Português

Dados de conservação

Local de conservação
Biblioteca Nacional de Portugal
Estado de conservação
Proprietário
Historial

Palavras chave

Locais
Palavras chave
Nomes relacionados

Documentação Associada

Bibliografia
Publicações
Cláudia Franco Souza (ed.), Fernando Pessoa e os Romantismo: Inglês, Francês, Português e Alemão, Lisboa, Apenas Livros, 2019, pp. 180-181.
Exposições
Itens relacionados
Bloco de notas