logotipo Modernismo

  Arquivo Virtual da Geração de Orpheu

 

 

Frank Woodward

(1870-1952)

Autor, em colaboração com o seu irmão Parker Woodward (também, por sua vez, autor de duas obras sobre Francis Bacon, uma das quais Pessoa possuía, The early life of Lord Bacon), da obra Secret Shakespearean Seals, sob o pseudónimo de «Fratres Rosae Crucis». Pessoa encomenda o livro numa carta ao editor, Herbert Jenkins, em 26-5-1919, mas não se coíbe de fazer um reparo relativo à pretensa filiação rosacruciana dos autores. Considera, como diz, algo irritante a proliferação de sociedades e «irmandades» auto-denominadas rosacrucianas. A carta merece resposta do próprio Woodward, que, em 7 de Junho desse mesmo ano, reconhece o seu limitado conhecimento da chamada Sociedade dos Rosacrucianos, garantindo, contudo, ser Francis Bacon o autor das «peças de Shakespeare». Pessoa escreve também a Frank Woodward, desculpando-se pela suspeita manifestada e dá conta do seu interesse pela controvérsia em torno da identidade do autor das obras de Shakespeare. Este interesse, bem como a intenção de escrever um folheto sobre a questão Shakespeare-Bacon, que fez correr rios de tinta, datam, pelo menos, de 1913, conforme se pode comprovar por uma carta a Álvaro Pinto, de 22 de Março desse ano. Existem no espólio pessoano inúmeros fragmentos escritos sobre o assunto, a maioria deles em inglês. E constam da sua biblioteca algumas obras relativas ao tema.

 

 

Manuela Parreira da Silva