logotipo Modernismo

  Arquivo Virtual da Geração de Orpheu

 

 

Bibliografia imagem

©Duarte Belo

 

 

Prosa de Fernando Pessoa

Espólio de Fernando Pessoa na Biblioteca Nacional de Portugal - E3

 

(1956) Páginas Íntimas e de Auto-Interpretação.

Selecção e prefácio de Jacinto do Prado Coelho e Georg Rudolph Lind, Lisboa: Ática.

 

(1968) Textos Filosóficos, vols. I e II.

Fixação, organização e prefácio de António de Pina Coelho.

Lisboa: Ática.

 

(1978). Da República Portuguesa e de Fernando Pessoa nela.

Recolha de textos de Maria Isabel Rocheta e Maria Paula Morão; introdução e organização de Joel Serrão.

Lisboa: Ática.

 

(1986) Obra Poética e em Prosa, vols. I, II e III.

Introdução, organização e notas de António Quadros e Dalila Pereira da Costa.

Porto: Lello & Irmãos, Editores.

 

(1988). The Case of the Science Master. ed. Gianluca Miraglia.

In Rev. BN, 2ª série, III, 3, 9-12/1988, pp. 43-47. 

 

(1990) Pessoa por Conhecer,II. Textos para um Novo Mapa.

Edição Teresa Rita Lopes.

Lisboa: Editorial.

 

(1993) Pessoa Inédito.

Coordenação de Teresa Rita Lopes.

Lisboa: Livros Horizonte.

 

(1996) Correspondência Inédita.

Organização de Manuela Parreira da Silva.

Lisboa: Livros Horizonte.

 

(1997) Notas Para a Recordação de Meu Mestre Caeiro, de Álvaro de Campos.

Edição de Teresa Rita Lopes.

Lisboa: Editorial Estampa.

 

(1997) A Hora do Diabo.

Edição de Teresa Rita Lopes.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(1998) Livro do Desassossego. Composto por Bernardo Soares, Ajudante de Guarda- Livros na cidade de Lisboa.

Edição de Richard Zenith.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(1999) Correspondência, 1923 – 1935.

Edição de Manuela Parreira da Silva.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(1999) O Banqueiro Anarquista.

Edição de Manuela Parreira da Silva.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(1999) Crítica - Ensaios, Artigos e Entrevistas.

Edição de Fernando Cabral Martins.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(1999)  A Educação do Estóico, do Barão de Teive.

Edição de Richard Zenith.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(2003) Escritos autobiográficos, automáticos e de reflexão pessoal.

Ed. Richard Zenith.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(2003) Prosa de Ricardo Reis.

Edição de Manuela Parreira da Silva.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(2003) Aforismos e Afins.

Edição e prefácio de Richard Zenith.

Tradução de Manuela Rocha.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(2006) Génio e Loucura.

Edição de Jerónimo Pizarro. Série Maior, Volume VII, Tomos I e II.

Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda.

 

(2005/6) «Maridos». Mealibra, nº 17/18, série 3, Inverno 200/6.

Viana do Castelo:Centro Cultural do Alto Minho, p.16.

 

(2008) Quaresma Decifrador. Edição de  Ana Maria Freitas. Lisboa: Assírio & Alvim.

 

(2008) Um Jantar Muito Original, seguido de A Porta.  Tradução, recolha de textos e posfácio de Maria Leonor Machado de Sousa. Lisboa: Relógio d’Água Editores.

 

(2009) «O Peregrino». In Mealibra, III Série, Nº23 Primavera/Verão 2009. Viana do Castelo: Centro Cultural do Alto Minho, p.19.

 

 

Sobre a prosa de Fernando Pessoa

 

AAVV (2008). Dicionário de Fernando Pessoa e do Modernismo Português.

Coordenação de Fernando Cabral Martins.

Lisboa: Editorial Caminho.

 

CENTENO, Y.K. (1988). Os Trezentos e Outros Ensaios.

Lisboa: Editorial Presença.

 

_______(2003). Fernando Pessoa: Magia e Fantasia.

Porto: Edições Asa.

 

LOPES, Teresa Rita (1990). Pessoa por Conhecer,I. Roteiro para uma Expedição.

Lisboa: Editorial Estampa.

 

SOUSA, João Rui de (2010). Fernando Pessoa, Empregado de Escritório.

Lisboa: Assírio & Alvim.

 

 

Sobre edição de textos literários


CASTRO, Ivo de (1990). Editar Pessoa.

Colecção Edição Crítica de Fernando Pessoa.

Lisboa: Imprensa Nacional – Casa da Moeda.

 

GASKELL, Phillip (1978). From Writer to Reader: Studies in Editorial Method.

Oxford:  Oxford University Press.

 

GRÉSILLON, Almuth (1994). Eléments de critique génétique. Lire les manuscrits modernes.

Paris: Presses Universitaires de France.

 

HULLE, Dirk van, (2004). Textual Awareness. A Genetic Study of Late Manuscripts by Joyce, Proust, & Mann.

Ann Arbor : The University of Michigan Press.

 

LOPES, Teresa Rita (2009).  «O uso de variantes de autor em Fernando Pessoa».

 

In Mealibra, III Série, Nº23, Primavera/Verão 2009.

Viana do Castelo: Centro Cultural do Alto Minho, p.31.

 

LORIN, Claude (1984). L’Inachevé. Paris: Bernard Grasset

 

MCGANN, Jerome J. (1992).  A Critique of Modern Textual Criticism, 2ª edição.

Charlottesville: University Press of Virginia. 

 

RIPOLL, Ricard (2006). «Vers une pataphysique de l’écriture fragmentaire».

In O Fragmento, nº4 de Forma Breve, Revista de Literatura.

Aveiro: Centro de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro.

 

SUSINI-ANASTOPOULOS(1997). L’écriture fragmentaire.Définitions et enjeux.

Paris: Presses Universitaires de France.